sexta-feira, 7 de abril de 2017

FREVO - A dança típica e mais popular do Nordeste Brasileiro eh Patrimônio Cultural da Humanidade




CONHEÇA O "FREVO", DANÇA TÍPICA DO ESTADO DO PERNAMBUCO, BRASIL
O FREVO É UM RITMO MUSICAL E UMA DANÇA BRASILEIRA COM ORIGENS NO ESTADO DE PERNAMBUCO, MISTURANDO MARCHA, MAXIXE E ELEMENTOS DA CAPOEIRA.
SURGIDO NA CIDADE DO RECIFE NO FIM DO SÉCULO XIX, O FREVO CARACTERIZA-SE PELO RITMO EXTREMAMENTE ACELERADO. MUITO EXECUTADO DURANTE O CARNAVAL, ERAM COMUNS CONFLITOS ENTRE BLOCOS DE FREVO, EM QUE SAÍAM À FRENTE DOS SEUS BLOCOS PARA INTIMIDAR BLOCOS RIVAIS E PROTEGER SEU ESTANDARTE.
PODE-SE AFIRMAR QUE O FREVO É UMA CRIAÇÃO DE COMPOSITORES DE MÚSICA LIGEIRA, FEITA PARA O CARNAVAL. OS MÚSICOS PENSAVAM EM DAR AO POVO MAIS ANIMAÇÃO NOS FOLGUEDOS. NO DECORRER DO TEMPO, A MÚSICA GANHOU CARACTERÍSTICAS PRÓPRIAS.
DA JUNÇÃO DA CAPOEIRA COM O RITMO DO FREVO NASCEU O PASSO, A DANÇA DO FREVO.
ATÉ AS SOMBRINHAS COLORIDAS SERIAM UMA ESTILIZAÇÃO DAS UTILIZADAS INICIALMENTE COMO ARMAS DE DEFESA DOS PASSISTAS QUE REMETEM DIRETAMENTE A LUTA, RESISTÊNCIA E CAMUFLAGEM, HERDADA DA CAPOEIRA E DOS CAPOEIRISTAS, QUE FAZIAM USO DE PORRETES OU CABOS DE VELHOS GUARDA-CHUVAS COMO ARMA CONTRA GRUPOS RIVAIS. FOI DA NECESSIDADE DE IMPOSIÇÃO E DO NACIONALISMO EXACERBADO NO PERÍODO DAS REVOLUÇÕES PERNAMBUCANAS QUE FOI DADA A REPRESENTAÇÃO DA VONTADE DE INDEPENDÊNCIA E DA LUTA NA DANÇA DO FREVO.
A DANÇA DO FREVO PODE SER DE DUAS FORMAS: QUANDO A MULTIDÃO DANÇA, OU QUANDO PASSISTAS REALIZAM OS PASSOS MAIS DIFÍCEIS, DE FORMA ACROBÁTICA DURANTE O PERCURSO. O FREVO POSSUI MAIS DE 120 PASSOS CATALOGADOS.
A PALAVRA FREVO VEM DE FERVER, POR CORRUPTELA, FREVER, QUE PASSOU A DESIGNAR: EFERVESCÊNCIA, AGITAÇÃO, CONFUSÃO, REBULIÇO; APERTÃO NAS REUNIÕES DE GRANDE MASSA POPULAR NO SEU VAI-E-VEM EM DIREÇÕES OPOSTAS, COMO O CARNAVAL, DE ACORDO COM O VOCABULÁRIO PERNAMBUCANO, DE PEREIRA DA COSTA.
Foto - Carlos Oliveira
DIVULGANDO O QUE A BOCA ANÔNIMA DO POVO JÁ ESPALHAVA, O JORNAL PEQUENO, VESPERTINO DO RECIFE QUE MANTINHA UMA DETALHADA SEÇÃO CARNAVALESCA DA ÉPOCA, ASSINADA PELO JORNALISTA "OSWALDO OLIVEIRA", NA EDIÇÃO DE 9 DE FEVEREIRO DE 1907, FEZ A PRIMEIRA REFERÊNCIA AO RITMO, NA REPORTAGEM SOBRE O ENSAIO DO CLUBE EMPALHADORES DO FEITOSA, DO BAIRRO DO HIPÓDROMO, QUE APRESENTAVA, ENTRE OUTRAS MÚSICAS, UMA DENOMINADA O FREVO. E, EM RECONHECIMENTO À IMPORTÂNCIA DO RITMO E A SUA DATA DE ORIGEM, EM 9 DE FEVEREIRO DE 2007, A PREFEITURA DO RECIFE COMEMOROU OS CEM ANOS DO FREVO DURANTE O CARNAVAL.

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE



Fonte / Fotos = Wikipédia / Portal do Governo de Pernambuco / Thymonthy Becker /

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu por viajar no tempo